O jornal eletrônico de Águas Claras • Sexta Feira, 17 de Agosto de 2018

0

redes sociais

5 reações da internet sobre a autorização da “cura gay” pelo juiz do DF

Veio de Brasília a decisão para permitir os tratamentos psicológicos com fins de “reversão sexual” para homossexuais. Nesta segunda feira, 18 de setembro, o juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal autorizou, em caráter liminar um pedido de Ação Popular que permitia o tratamento da apelidada “cura gay”.
A autorização se vale de um precedente que infringe determinação da Organização Mundial da Saúde (OMC), que versa: “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”, respaldada pela Resolução n.° 001/99 do Conselho Federal de Psicologia. O conselho disse que vai recorrer.

 

Este episódio traz à tona uma polêmica de 2013, quando um projeto de caráter semelhante à liminar, que regularizava o tratamento psicológico de homossexuais para reversão da sexualidade, tramitou na Câmara dos Deputados e chegou ao Plenário, sendo então arquivado. A reação ao projeto foi forte, visto que o país estava em efervescência com as manifestações das “jornadas de junho”. Na Câmara, a pauta fortaleceu a tensão entre as bancadas evangélica e progressista, com deputados como Marco Feliciano e Jean Willys protagonizando o embate.

 

 

Publicidade
Agora, em um auditório de tribunal fechado, os proponentes da Ação Popular conseguiram o que queriam. Uma das autoras é a psicóloga Rozângela Alves Justino. Ela sofreu Censura Pública do Conselho Federal de Psicologia em 2012 por oferecer tratamento de “reversão sexual” a homossexuais, desrespeitando a Resolução de 1999.

 

Não só entidades rejeitaram a decisão. Movimentos sociais, artistas, políticos e parte da sociedade recebeu a notícia com indignação e repúdio, e há uma forte manifestação contrária nas redes sociais: no Twitter, as hashtags #TrateSeuPreconceito e #HomofobiaNaoEDoenca estão no topo das das listagens.

 

Confira as reações:

 

1. O Youtuber Fernando Castanhari acha que voltamos uns 200 anos no tempo…

 


 
 

 

Publicidade

 2. Essa já acha que estamos voltando ao descobrimento do Brasil:

 


 

 

 

3. Alguns viram uma oportunidade de ganhar uma folga…

 

 

 

 4. E fizeram até um modelo de atestado médico

 

 

 

5. Atestado não convence? Então vai uma foto…

 

Comentários

}