O jornal eletrônico de Águas Claras • Sábado, 20 de Janeiro de 2018

0

"Novela mexicana"

A novela da biblioteca de Águas Claras perto do fim

A Associação de Moradores de Águas Claras (AMAAC), publicou em sua página no facebook, o anúncio do reinício das obras da reforma da bliblioteca da cidade, mesmo com 10 dias de atraso.

 

 

Publicidade

Segundo a Amaac, o administrador regional, Valdeci Machado, em entrevista a uma emissora de televisão, disse que não quis usar a verba oriunda de emenda parlamentar do deputado distrital Raimundo Ribeiro, porque iria demolir o prédio e construir outro. Mas, como não apresentou nenhum projeto para a construção de uma nova biblioteca, resolveu utilizar recursos que não sabemos sua origem para o conserto do telhado, mesmo bastante atrasada.

Os diretores da associação, considera que o administrador não resolve de uma vez por todas a reforma por pura “birra”.

Veja a Nota da Amaac:

REFORMA DA BIBLIOTECA: PALIATIVO PROMETIDO PARA 15 DIAS SERÁ ENTREGUE COM MAIS DE 10 DIAS DE ATRASO… E SERÁ APENAS ISSO: UM PALIATIVO

Em 1º de dezembro, em entrevista à Band Cidade, o administrador regional de Águas Claras fez mais uma de suas famosas promessas nunca cumpridas em sua totalidade: a despeito da reforma da biblioteca, a qual ele não quis usar a verba enviada pela Deputado Raimundo Ribeiro, disse que “em 15 dias o telhado seria consertado”, pelo menos. Hoje, com 12 dias de atraso, a obra do pequeno conserto começou. Se ele disse que não ia gastar a verba do deputado num local “que vai ser demolido em 6 meses, um ano”, por que então gasta com esse conserto? PORQUE ele sabe que a outra não vai sair tão cedo, mas a sua birra o impede de trazer melhorias para os usuários daquele espaço. Ao invés de fazer algo mais estruturado, fica fazendo remendo sobre remendo. Fora que PRAZO é uma palavra que existe no dicionário de enfeite: NADA do que promete entregar numa data consegue cumprir…. Decepcionado com tanta incompetência….. ahhh.. sem contar a altura do mato na praça !!!

Agora, é só aguardar o término das “obras”, para ver se suporta o período chuvoso.

 

Publicidade

Com informações da Amaac

Aquiaguasclaras

Comentários

}