O jornal eletrônico de Águas Claras • Segunda Feira, 16 de Julho de 2018

0

Cultura

O que temos a oferecer?

 

Disse um sábio, isso há muito tempo, que é do coração que a boca fala.

Ninguém pode dar o que não possui. Contudo, neste universo, onde a boca fala o que o coração não sente, onde os olhos ignoram a realidade, como dizer a verdade entre tantos que não aceitam sua própria verdade, onde tantos vivem uma ilusão perigosa, e que de fantasia em fantasia criam um mundo paralelo, para suportar a dureza da vida real?

 

Publicidade

Duvidamos com justa razão, se realmente existe alguma pessoa sã, com bom juízo neste mundo, nesta época atual.

São pais que delegam a criação de filhos a outrem, outros que os abandonam à própria sorte, casos estarrecedores de mães quem jogam seus bebes na lata do lixo, enquanto que outros os tratam como seres inferiores, sem a devida atenção e o respeito que merecem como seres humanos.

Como falar destes temas insalubres sem evocar o Cristo, que nos ensinou a amar nosso semelhante como devemos amar e cuidar de nós mesmo.?
Creio que a máxima ainda é válida, se não temos amor pelo ser humano que somos, não podemos amar outro ser humano, como nossos amigos, parentes e filhos.

Voltando ao tema chave, “o que temos para oferecer”, devemos meditar neste pensamento inspirador: A única forma verdadeira de se doar é dando algo de nós, daquilo que somos e temos no âmago da nossa alma.

Então, quando escrevemos, quando falamos, quando pensamos, o que domina nossa mente,o que nos motiva à ação, que vaidade nos impulsiona para oferecer aquilo que temos de real valor?

Somos de fato emissores de luz e de justiça ou somos marqueteiros das sombras, divulgadores de mentiras, que iludem mais a alma humana, a procurar razão e sentido nos abismos imponderáveis da hipocrisia?

 

Publicidade

Evan do Carmo 24/10/2017

Evan do Carmo, Nascido na Paraíba em (29/04/64) é poeta, escritor, romancista, jornalista, músico, filósofo e crítico literário. Fundou e dirigiu o jornal Fakos Universitário. Criou em 2009 a revista Leitura e Crítica. Tem 22 livros publicados, sua obra está disponível em 12 países, (um livro editado em inglês. (O Moralista) Entre outros estão: O Fel e o Mel, Heresia poética, Elogio à Loucura de Nietzsche, Licença Poética, Labirinto Emocional, Presunção, O Cadafalso, Dente de Aço, Alma Mediana, e Língua de Fogo. Participou também com muitos contos em antologias. Foi um dos vencedores do concurso Machado de Assis do SESC DF de 2005. Em 2007 foi jurado na categoria contos do concurso Gente de Talento 2007 promovido pela Caixa Econômica Federal, ao lado de Marcelino Freire. Em 2012 criou e editou até 2015, os Jornais: Correio Brasília, Jornal de Vicente Pires, Jornal de Taguatinga e o Jornal do Gama. Evan do Carmo é estudioso da obra de José Saramago, em 2015 publicou o livro Ensaio Sobre a Loucura, e o livro Reflexões de Saramago, momentos antes de sua morte, o livro nos oferece um panorama perfeito na voz do próprio Saramago em forma de ficção ensaísta, sobre a obra do Nobel Português. Em 2016 criou a Editora do Carmo e o projeto Dez Poetas e Eu, onde já publicou 100 poetas, e o livro Um Brinde à Poesia, uma obra de coautoria com outros poetas contemporâneos.

Palestras e oficinas literárias (61) 981188607

Comentários

}