O jornal eletrônico de Águas Claras • Terça Feira, 19 de Junho de 2018

0

Perigo

Suspeita de explosivo aciona PM e BOPE na Rodoviária

A polícia isolou a área e fechou o trânsito dos acessos para lidar com a situação.

Por volta das 21h30 desta quinta-feira (15), um objeto esférico encontrado no chão da Rodoviária do Plano Piloto alertou a Polícia Militar a isolar a área e fechar o trânsito. A ação mobilizou o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) para investigação e o Esquadrão de Bomba da PM para analisar o artefato.

 

Publicidade

Além da ocorrência em Ceilândia, outro caso recente ocorreu nas redondezas do Museu Nacional, na área central de Brasília, em 25 de janeiro. A corporação foi acionada após a localização de objeto semelhante a uma bomba no espaço externo. O artefato, com 10 cilindros interligados por fios, era um capacitor.

Utilizando robô e exames de raios X, a corporação verificou que não havia nenhuma substância explosiva no objeto. Com apoio do Corpo de Bombeiros, um buraco foi cavado, para se realizar a detonação com segurança.

O objeto foi encontrado por volta das 8h, em um monumento de cruz entre o Museu e a Biblioteca Nacional, complexo localizado a poucos metros do Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios. O autor da brincadeira deixou os cilindros próximo a um desenho que representa a morte.

Operação Petardo

Esse tipo de ação promovida pelo Bope tem nome: Operação Petardo. A denominação é usada quando a corporação atende a ocorrências nas quais a presença de explosivos é investigada. Em 2017, foram 34. O número reflete uma tendência de queda verificada nos últimos anos. De acordo com a PM, em 2016 houve 86 ocorrências registradas e, em 2015, 113.

 

Com informações de Correio Braziliense e Metrópoles

 

Publicidade

Comentários

}