O jornal eletrônico de Águas Claras • Terça Feira, 19 de Junho de 2018

0

Tragédia

Avião cai no Irã matando noiva e madrinhas a caminho de despedida de solteira

As passageiras estavam indo de Dubai para Istambul quando o avião colidiu em uma monhanha

Tehran, Iran — Investigadores encontram a caixa preta do jatinho que colidiu com uma montanha iraniana. O avião estava de caminho dos Emirados Árabes Unidos para Istambul, matando as 11 mulheres no interior, incluindo uma noiva turca acompanhada das suas madrinhas, para a sua festa de despedida de solteira.

As autoridades locais conseguiram resgatar os corpos dos escombros na área das Montanhas de Zagros, no interior da cidade de Shahr-e Kord, há 370 kilômetros da capital Tehran; informa a agência iraniana IRNA.

Os oficiais identificaram oito pessoas incluindo a filha de um CEO da Basaran Investment Holding, Mina Basaran. Ela viajou no domingo do aeroporto Sharjah nos Emirados Árabes. Pouco após uma hora de vôo, a aeronave ganha muita altitude seguido de uma queda íngreme, segundo os registros de vôo.

 

Publicidade

Ainda não foram esclarecidas as causas da queda, mas uma testemunha afirma ter visto fogo no avião Bombardier CL604 antes da colisão com a montanha.

A caixa-preta ajudará os investigadores a desvendar os enigmas desta tragédia.

Os jornais locais afirmam que, além da noiva e as madrinhas de casamento, as atendentes e a pilota também eram todas mulheres.

Na imagem de Mina com as amigas publicada na sua conta do Instagram (capa), muitas mensagens de condolências e apoio às famílias das vítimas.

 

Com informações da The Associated Press e Washington Post

 

Publicidade

Comentários

}