O jornal eletrônico de Águas Claras • Sexta Feira, 17 de Agosto de 2018

0

Mundo

Mulheres sauditas podem dirigir pela primeira vez

O governo da Arábia Saudita está emitindo as primeiras licenças para mulheres após décadas de proibição

Dez mulheres já receberam sua licença para dirigir nesta segunda (4), apesar de organizações reclamarem que várias ativistas foram detidas em meio a protestos neste dia.

Segundo as leis do país, as mulheres devem pedir permissão ao marido para uma série de atividades, e isso incluía vetar a elas o direito de dirigir. Famílias deveriam contratar motoristas para transportar suas mulheres. Por décadas várias mulheres foram presas dirigindo em protesto.

 

Publicidade

‘Um sonho se realizando’

“Esperamos emitir mais de 2000 licenças para mulheres poderem dirigir no reino”, disse em nota o ministério de informações. “É um sonho se realizando“, disse uma mulher citada na nota: “dirigir para mim representa uma uma escolha, a escolha de se mover para onde quiser. Agora temos essa opção”.

A liberação foi anunciada em setembro do ano passado, parte de um programa de modernização de aspectos culturais da sociedade saudita, anunciada pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

Uma das metas do programa no campo econômico é diversificar a economia do país para além do petróleo até o ano 2030.

Mas ainda haverá limitações às mulheres. A constituição saudita é baseada no Wahabismo que institucionaliza a segregação de gênero.

Mulheres devem respeitar a um código restrito, não podem andar com homens solteiros. Se quiserem trabalhar, ir ao hospital ou viajar, devem ir acompanhada ou pedir permissão prévia a um homem protetor.

 

Publicidade

 

Com informações de BBC

Comentários

}