O jornal eletrônico de Águas Claras • Sexta Feira, 17 de Agosto de 2018

0

Águas Claras

Águas Claras: paradas vazias com a paralisação dos rodoviários.

Usuários do sistema de transporte público foram pegos de surpresa pela notícia. Nesta segunda (28) os servidores rodoviários fizeram uma paralisação das linhas de ônibus em Brasília; apenas algumas linhas de microônibus foram vistas circulando a partir do meio-dia.

O governo por meio de liminar que 100% das frotas de ônibus voltem a circular no horário de pico, e 50% nos demais horários. Com a decisão, o Sindicato dos rodoviários do Distrito Federal (Sindttrater-DF) fica obrigado a restabelecer as atividades dos rodoviários, sob pena de multa diária estipulada em R$ 1 milhão.

Poucos passageiros foram vistos esperando nas paradas ao longo da Av. Arniqueiras. Algumas mulheres pegaram vans clandestinas, que nesses momentos cobram oportunamente um sobre-preço pela viagem à Taguatinga, Samdu, Gama e Ceilândia.

Parada na altura da Rua 9, que costuma ser movimentada em dias úteis. No dia da paralisação, só vans são vistas passando

 

 

Parada em frente ao Res. Real Splendor

 

Publicidade

 

A paralisação

 

Na manhã desta segunda (28), as ruas do DF amanheceram com vários engarrafamentos. As faixas exclusivas para ônibus na W3 Sul, W3 Sul, W3 Norte e Setor Policial Sul estarão liberadas para o tráfego de todos os veículos até a meia-noite, comunicou o Detran-DF.

O governo de Brasília, em informativo divulgado na internet, condenou a paralisação, julgando “irresponsável e desrespeitosa” a decisão de deflagrar a greve sem aviso prévio. Segundo a nota, a categoria não cumpriu os requisitos básicos da lei de greve, como a realização de assembleia e a publicação de aviso de greve, o que também surpreendeu o governo, e anunciaram acionar a justiça para pedir a manutenção e a continuidade do serviço de transporte.

 

Em nota, o sindicato dos metroviários do DF defenderam a paralisação, e afirmam que ela e deve pelo compromisso não cumprido pelo governo e empresários do setor de transporte para com a categoria há 30 dias.

 

Aquiaguasclaras.com.br / com informações do CorreioWeb

 

Comentários

}