O jornal eletrônico de Águas Claras • Terça Feira, 25 de Setembro de 2018

0

Águas Claras

Polícia Civil prende casal que aplicava golpes que chegaram a R$ 1 milhão em Águas Claras

A corretora de imóveis enganava os clientes e solicitava depósitos na conta do próprio marido

Agentes do CORF (Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor) da Polícia Civil do DF prenderam, nesta quarta feira(30), um casal que praticava estelionato imobiliário, na Operação Bieramar. Os crimes ocorreram no ano de 2017 e somam-se em R$ 1 milhão.

A mulher se passava por corretora de imóveis. Ela e seu marido eram comparsas na aplicação de golpes a clientes. Segundo as investigações, ela utilizava contratos e registros fraudados operando em uma imobiliária firmada em Taguatinga Norte sem ter o registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

“Para conseguir enganar os clientes, a indiciada falsificou contratos, recibos e documentos, obtendo vantagem ilícita considerável, pois os negócios envolviam altos valores e tinham sempre como objeto vendas de casas ou apartamentos”, explica Marcelo Portela, delegado da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf). responsável pelo caso ao jornal Metrópoles.

 

Publicidade

A descoberta do esquema veio da própria imobiliária, que realizou uma auditoria interna e constatou que os contratos em mãos da corretora eram fraudados. Os advogados da imobiliária fizeram então a denúncia para a polícia.

 

Com informações de Metrópoles e Correio Braziliense

Comentários

}