O jornal eletrônico de Águas Claras • Quinta Feira, 19 de Abril de 2018

0

Notícias

Policiais, servidor público e líder comunitário são presos por grilagem e tráfico de drogas no DF

Uma organização criminosa suspeita de praticar grilagem de terra e tráfico de drogas no condomínio Pôr do Sol, em Ceilândia, foi desarticulada na manhã desta quinta-feira (28) pela Polícia Civil do Distrito Federal. Até a publicação desta reportagem dez pessoas haviam sido presas – quatro por grilagem de terra e seis por tráfico de drogas – entre os presos, têm três policiais militares, um servidor da administração de Ceilândia e o líder comunitário da região.

De acordo com as investigações, o líder comunitário fracionava e vendia terras públicas com o suporte dos policiais militares e do servidor do DF. A operação que foi chamada de “Confraria” cumpre nove mandados de prisão preventiva e outros nove de busca e apreensão.

Durante as diligências, os policiais também prenderam acusados de tráfico de drogas na região e apreenderam documentos e cadastros de pessoas envolvidas no esquema de parcelamento irregular do solo.

 

Publicidade

A operação é feita pela 23ª DP de Ceilândia juntamente com a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DECO). A polícia informou que como um dos presos – o líder comunitário – é muito conhecido na região, o delegado responsável pelo caso pediu apoio para a 38ª Delegacia de Vicente Pires, para onde os presos estão sendo levados.

 G1/DF

Comentários

}