O jornal eletrônico de Águas Claras • Segunda Feira, 18 de Junho de 2018

0

Haja coração

“Evidências” na hora do almoço: estudantes da UnB cantam o clássico sertanejo para esquecer seus problemas

Entre as aulas do semestre e uma crise fiscal aguda na Universidade de Brasília, os estudantes universitários aproveitaram o horário do almoço para deixar suas diferenças de lado e cantar o hino que une o Brasil: “Evidências”, clássico sertanejo de Chitãozinho e Xororó. Amado por pessoas de direita e esquerda, todos os times e religiões. A música é capaz de mobilizar multidões nos metrôs e locais públicos e foi escolhida para ser cantada no Restaurante Universitário da UnB.

 

Um evento foi marcado no Facebook pelo autointitulado “Movimento Restaurante Universitário”. Na data e hora marcada, todos os estudantes estavam cientes e preparados para o momento confraternizador. Houve até gravações ao vivo para quem quisesse cantar junto de casa:

 

 

Publicidade

 

“Cantar para esquecer os problemas”

 

Apesar da cantoria, o ambiente de crise na Universidade de Brasília não é tão eufórico. A instituição está com um déficit orçamentário em mais de R$ 100 milhões, causado pelos cortes orçamentários em mais de 50% nos últimos anos. O quadro se repete em outras universidades federais como a UFMG e a UFRJ. A falta de verbas já causa impactos como a suspensão de serviços de manutenção de equipamentos e móveis.

 

Mais de 300 trabalhadores já assinaram aviso-prévio e poderão ser dispensados já nesse semestre, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub), Mauro Mendes. A equipe da reitora, Márcia Abrahão, alega que soube dos valores quando assumiu o cargo e que e os custos são maiores do que os recursos. A gestão passada, de Ivan Camargo, garante, no entanto, que a nova reitora sabia que o valor do repasse voltaria aos patamares anteriores.

 

Henrique Terceiro / Com informações do Correio Brasiliense

 

Comentários

}