O jornal eletrônico de Águas Claras • Segunda Feira, 23 de Julho de 2018

0

Brasil

Adasa afirma que racionamento de água gerou 16% de economia

A Agência também prevê que os reservatórios cheguem a 50% em 2018, se as expectativas não forem atingidas, medidas rigorosas de racionamento deverão ser tomadas

 

A Agência Reguladora de Águas do Distrito Federal (Adasa) divulgou nesta quinta-feira (7) dados sobre o monitoramento dos reservatórios do DF e a efetividade das medidas de racionamento de água, como o rodízio de interrupção de 24 horas em diferentes regiões e a diminuição de vazão das torneiras.

 

De acordo com a apresentação da Agência, o sistema de Santa Maria/Torto e Descoberto apresentou uma economia de 16,1% em relação aos anos anteriores.

 

Publicidade

 

Nível de reservatórios

A Agência tem como meta que, com a retomada das chuvas, os níveis do do Descoberto chegue a 50% dos níveis até abril de 2018. A meta leva em conta as previsões climáticas do INMET. O comportamento do Reservatório do Descoberto é esperado para que não seja necessário estipular um segundo dia de racionamento. “Caso o comportamento do Reservatório não siga a trajetória proposta para, serão
tomadas medidas rigorosas”, afirma a Adasa.

 

Henrique Terceiro / Aqui Águas Claras

 

Comentários

}